Artigos

Praticando Ninjutsu

Publicado em 11 de dezembro de 2012 | Por : | Categoria : Artigos | 5 Comentários

É muito comum pessoas procurarem praticar Ninjutsu por causa de filmes de Ninja, desenhos, jogos, etc. Essas pessoas sempre chegam cheias de disposição, energia e vontade de aprender, mas grande parte acham que vão encontrar um caminho fácil ou que vão aprender a manusear espadas, bastões e shuriken logo no primeiro mês de treino, mas a verdade é bem diferente e tudo tem seu tempo certo para aprender.

Para aprender Ninjutsu, pode parecer complicado quando um praticante iniciante se depara com as diversas técnicas e movimentações do corpo que terão que aprender, principalmente quando ao observar a movimentação de seu instrutor e de seus colegas de treino mais graduados pode parecer fácil, mas ao tentar efetuá-las parece que o seu corpo não responde da forma que deseja. Para muitos isto pode parecer desanimador e muitos realmente desistem por causa disto, mas para aprender Ninjutsu deve-se primeiramente ter paciência, perseverança e força de vontade para superar esses obstáculos, e esta é apenas a primeira fase, se você superar e seguir em frente com seu treinamento, perceberá que seu corpo começará a se adaptar às formas de movimentações mais livres e  naturais e as dificuldades em aprender irão diminuindo com o passar do tempo, o que te permitirá absorver com mais facilidade as técnicas ensinadas. Passada essa fase de dificuldade, vem a segunda fase que é a de compreensão, se assim posso dizer, esta dura para sempre.

Já possuindo uma movimentação corporal naturalmente fluída, ao olhar e efetuar uma técnica, pode parecer fácil, mas a compreensão vai muito além, distância correta, movimentação correta para que funcione com eficiência, o efeito que causa no corpo e na mente do adversário, compreender que a aplicação dentro do Dojô é diferente da forma real, saber o momento certo de aplicar, saber adaptar nas diversas situações e muito mais. Como você pode ver, uma simples técnica não é tão simples como pode parecer.

Na prática do Ninjutsu nós “estudamos” as técnicas como uma ciência, afinal é disso que se trata as Artes Marciais, diferente da ciência estudada nas Artes Marciais de competição, onde o estudo de maior ênfase é o de acertar golpes visando pontuação. No Ninjutsu visamos estudar técnicas para podermos salvar nossas vidas e a de entes queridos perante reais situações de perigo.

As técnicas não englobam somente o lado físico, estudamos também a parte psicológica e estratégica das técnicas, toda técnica envolve um lado psicológico, anatômico e estratégigo para que ela funcione, por isso não é necessário a utilização de força bruta para aplicar.

Aqui vai a minha dica para um bom aprendizado:
• Não limite o seu treinamento somente dentro do Dojô, pratique fora também com seus colegas, pense nas técnicas aprendidas e sonhe com elas sempre que puder, pois se limitar-se somente ao Dojô fará com que nos dias que não tiver aula você esqueça grande parte do que aprendeu, fazendo toda aula parecer como se fosse a primeira, o que tornará sua progressão bem mais lenta.
• Leia algo sobre a Arte pelo menos uma vez por semana.
• Movimente-se no seu dia-a-dia tecnicamente, estrategicamente.
• Abra a sua mente para compreender coisas novas e busque compreender o porquê de tal coisa, o que pode parecer incompreensível um dia você compreenderá.
• Se tiver alguma dúvida, pergunte ao seu instrutor.
• Não tenha pressa de aprender, desfrute um dia de treinamento de cada vez, o tempo passa rápido e quando você menos esperar saberá além do que imaginou no início.
• E o mais importante, mantenha o “Nin” em seu coração, não deixe de lado o seu treinamento por causa de problemas pessoais, busque resolver os problemas sem abrir mão do que te trás benefícios, afinal “Nin” significa superar, suportar, aguentar, resistir, paciência, perseverança. O caractere “Nin” 忍 representa a lâmina perfurando o coração.

Shihan Marcio J. Santos

CREFSP 08243/P SP - MENKYO JAPAN